Topo

Valparaíso e Viña del Mar, no litoral chileno, são cidades vizinhas. Ou seja, ficam uma ao lado da outra, o que as torna uma ótima combinação de um passeio de bate e volta saindo de Santiago. Em uma viagem ao país, você não pode deixar de fora do seu roteiro a visita às duas cidades.

Isso, porque ambas são repletas de atrações que enriquecem ainda mais a sua estadia por lá. Dessa maneira, veja o que fazer, como chegar e dicas variadas sobre Valparaíso e Viña del Mar, no Chile.

Está planejando visitar Santiago? Aproveite para ver o nosso guia gratuito de Santiago, com várias informações sobre hospedagem e dicas sobre a cidade!

Valparaíso

Valparaíso e Viña del Mar

Conhecida como a “Joia do Pacífico”, a cidade portuária de Valparaíso é uma das mais visitadas no Chile. Localizada a 115km da capital Santiago, Valpo (como também é carinhosamente chamada), detém diferentes atrações. Se você curte arte, história, arquitetura e cultura, a cidade é um prato cheio.

Valparaíso é uma das cidades mais antigas do Chile, foi fundada em 1544 e possui o porto mais importante (ainda em atividade) do país. A cidade é caracterizada por seus cerros (morros), são mais de 40, portanto, suas construções foram erguidas nas ladeiras, formando uma paisagem única.

O que fazer em Valparaíso:

Valparaíso oferece diversas atrações, principalmente em seu Centro Histórico, Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, repleto de casarões do século 19. Entre as atrações mais famosas estão:

1. La Sebastiana:

La Sebastiana é a casa museu onde morou Pablo Neruda. O poeta chileno deixou três casas no país e todas estão abertas a visitação. A casa de Valparaíso fica no alto do Cerro Florida e da varanda tem-se uma incrível vista para o Pacífico.

Neruda morava em Santiago até 1961 e, cansado da vida agitada na cidade, mudou-se para o litoral. Infelizmente, La Sebastiana foi saqueada após a morte do escritor, mas em 1991, passou por uma restauração. São cinco andares com diferentes ambientes que contam momentos da vida de Neruda. Relíquias, peças curiosas e obras de arte estão pelos cômodos. Além disso, algumas características da casa lembram partes de barcos.

Para visitar La Sebastiana, você conta com um audioguia que ajuda a relatar as informações e histórias do da casa e do poeta. O ingresso custa CLP $ 7.000.

2. Ascensores/Funicular:

Em uma cidade de altos e baixos, nada mais necessário que elevadores para auxiliar no sobe e desce da população. Os funiculares fazem parte da paisagem de Valparaíso e além de ajudarem no deslocamento, presenteiam seus passageiros com vistas espetaculares!

O Ascensor Concepción é o mais antigo da cidade (1883) e te leva até o cerro de mesmo nome. Durante o passeio, você se depara com a linda paisagem formada pelas tradicionais casas coloridas. Outro funicular que vale a subida, é o Ascensor Artillería, pois oferece uma das melhores vistas de Valpo, para o imponente porto em pleno funcionamento. No topo, você chega ao Paseo 21 de Mayo, onde há uma feira de artesanato e o Museu Marítimo Nacional.

3. Cerros:

Os Cerros Concepción e Alegre são os mais conhecidos em Valparaíso. Por isso, considere visitar os dois! O Cerro Concepción possui um clima agradável, com restaurantes e muita arte para apreciar. Por lá viste o Mirante Atkinson e o Paseo Gervasoni.

O Cerro Alegre tem um ar boêmio e descontraído. Portanto, a pedida é que você passeie por lá sem pressa, curtindo e observando todos os charmosos detalhes das ruas. Bares, restaurantes e lojas de artesanato estão nas proximidades. Mas não só isso, artistas, como músicos e poetas também expõem sua arte na rua. Você acessa o cerro pelo Ascensor Reina Victoria.

4. Museo Cielo Aberto:

Pode-se afirmar que toda a cidade de Valparaíso é um museu a céu aberto. Assim, muros, paredes, prédios e outras construções são tomadas pelas cores vibrantes do grafite. Nesse sentido, conheça a coleção de 20 muros cobertos com arte, da pintura ao mosaico. Esse local se chama Museo Cielo Abierto e fica no Cerro Bellavista. Uma última dica é a realização de um Free Walking Tour para conhecer mais detalhadamente a street art de Valparaíso.

5. Plaza Soto Mayor e Porto:

A Plaza Soto Mayor fica em frente à entrada do Porto da cidade. Nela, há um monumento em homenagem aos heróis da Guerra do Pacífico e no seu entorno, outros prédios históricos compõem a área. Quando chegar ao porto, passeie pela feirinha de artesanatos.

Onde comer em Valparaíso:

Já que você está no litoral chileno, nada mais apropriado que aproveitar para experimentar peixes e outros frutos do mar frescos da região. Em Valparaíso há diversas opções de restaurantes, dos que servem a comida tradicional chilena, à cozinha internacional.

  • Restaurante La Concepción: receitas clássicas da gastronomia chilena e uma ótima seleção de vinhos nacionais
  • Espiritu Santo: receitas originais de frutos do mar
  • Malandrino: pizza italiana

Onde se hospedar em Valparaíso:

A maioria dos turistas, visita Valparaíso em um bate e volta (inclusive eu fiz dessa maneira). Mas, se possível, considere ficar pela cidade. Sendo assim, veja algumas opções de hotéis e hostels.

Viña del Mar

Valparaíso e Viña del Mar
viagensecaminhos.com

Distante apenas 9km de Valparaíso, Viña del Mar possui um estilo totalmente diferente de sua vizinha. A cidade é moderna, limpa, com castelos, cassinos e uma linda orla com palmeiras à beira do Oceano Pacífico. As praias também fazem parte das principais atrações para você conhecer. Por isso, continue lendo para descobrir o que fazer por lá.

O que fazer em Viña del Mar:

Viña del Mar, conhecida como a Cidade Jardim, oferece outras atrações, além é claro de suas praias. Entre as mais famosas estão:

1. Relógio das Flores:

Logo na entrada de Viña del Mal você se depara com o Relógio das Flores, símbolo do local. O relógio, feito todo de flores, foi criado em 1962, quando o Chile sediou a Copa do Mundo de Futebol e Viña foi uma das cidades sede. As flores do relógio, muito bem cuidadas e aparadas, são trocadas a cada três meses.

2. Castillo Wulff:

O Castillo Wulff também é o cartão postal de Viña del Mar e foi construído em 1908 por um empresário alemão. O que impressiona é a paisagem composta pelo castelo erguido sobre as pedras, à beira do oceano! Atualmente o local conta com espaços culturais para exposições.

3. Praias:

As praias de Viña del Mar são um espetáculo! A faixa de areia larga é banhada pelas águas frias do Pacífico. Se você não se animar a experimentar o mar gelado, então aproveite para assistir ao pôr do sol, que é magnífico! A orla é ótima para caminhar sem pressa e curtir o momento. As principais praias para você conhecer são: Playa Reñaca (é a maior e mais movimentada), Playa Caleta Abarca, Playa Los Canones, Playa Blanca e Playa Acapulco y El Sol.

4. Casino de Viña del Mar:

Inaugurado em 1930, o Casino de Viña del Mar é o mais antigo do Chile. Sua localização não poderia ser melhor, junto a um grande hotel de frente para o mar. Na verdade, o cassino é parte do grupo HYPERLINK “https://www.enjoy.cl/” \l “/home” \t “_blank” Enjoy que possui estabelecimentos em outros destinos, como Punta del Este, no Uruguai e em Santiago.

O local funciona 24h por dia e a entrada de menores de 18 anos é proibida. Então, se você optar por pernoitar na cidade, é uma boa opção de entretenimento à noite. Junto ao cassino há também uma boate.

5. Museu Fonck:

Um museu que se destaca pelo acervo sobre a Ilha de Páscoa. Afinal, são mais de 1.400 itens sobre o local e a cultura Rapa Nui, incluindo uma escultura tradicional da ilha, o Moai – trazido para Viña del Mar em 1951. Se você tiver tempo, vale a visita.

Onde comer em Viña del Mar:

Viña del Mar tem uma energia diferente ao cair da noite, com restaurantes, bares e outros lugares animados para você conhecer e curtir.

  • Restaurante Ilo Mapu: traz sabores únicos do povo Mapuche, apresentando ótimas opções para compartilhar
  • Delamar: tradicional restaurante para comer deliciosos pescados
  • Don Vito e Zanoni: clássica cozinha italiana e mediterrânea
  • Empanadas Mauricio: típicas empanadas

Onde se hospedar em Viña del Mar:

Por fim, se a sua ideia realmente for ficar, ao menos uma noite, em Viña del Mar, prefira se hospedar nas proximidades das principais atrações. Nesse sentido, veja algumas opções de hospedagem para você.

Dica: se você estiver com tempo, dedique mais de um dia para visitar as duas cidades. Pois ambas revelam lugares únicos que você vai adorar conhecer.

Quando visitar Valparaíso e Viña del Mar

A verdade, é que as duas cidades podem ser visitadas independente da estação do ano. O verão chileno (de dezembro a março) é mais ameno, se comparado ao brasileiro. Mas as temperaturas chegam, tranquilamente, aos 30ºC – o que é ótimo para aproveitar as praias! E o ponto positivo é que a chuva é rara nessa época.

Já o inverno, de meados de junho a setembro, é mais rigoroso, com temperaturas baixíssimas (podendo atingir 0ºC) e uma grande possibilidade de chuva e neve. As paisagens mudam, mas o clima do Chile é perfeito para aproveitar o frio. Você encontrará muitos passeios nessa época e visitar Valparaíso e Viña do Mar também é possível.

Visitei Valparaíso e Viña del Mar na primavera (outubro) e mesmo assim, tinha um ventinho gelado. Mas nada que atrapalhou meu passeio. Pelo contrário, para caminhar pelas cidades, a temperatura estava perfeita.

Como chegar

Há variadas maneiras de chegar a Valparaíso e Viña del Mar saindo de Santiago. Primeiramente, você precisa decidir se fará o passeio por conta própria ou então, se vai adquiri-lo com agências de turismo ou sites especializados.


Ao optar por visitar as cidades por conta, você tem mais liberdade para ficar o quanto tempo quiser em cada uma delas e fazer o roteiro que mais te agrada. No entanto, é preciso planejar muito bem para que dê tempo de visitar todas as atrações que as cidades oferecem. Sem contar, que você precisará organizar o transporte entre elas também. Portanto, não esqueça de considerar o valor dessa passagem.

Transporte público:

Há ônibus saindo a todo instante do Terminal de Ônibus Alameda de Santiago e do Terminal Rodoviário Pajaritos para os dois destinos. As empresas que operam o itinerário de ônibus são a Turbus, Pullman e Condor

A média de preço de cada trecho (ida e volta) varia de CLP $ 2.900 a CLP $ 4.000. Por fim, a viagem tem duração de 1h30min aproximadamente.

Dica: optei por ir de transporte público e a ordem escolhida foi primeiro Valparaiso e Viña del Mar em seguida. O trajeto entre as duas cidades pode ser realizado de ônibus, metrô ou uber. Dê ônibus é muito prático e o percurso leva em torno de 20 minutos. Para isso, basta embarcar em qualquer micro ônibus na Av. Errázuris (que vira Av. España) em direção a: Villa Alemana, Miraflores, Peñablanca, Troncos Viejos, Reñaca, Con Con, ente outros destinos que passam pelas principais atrações da cidade.

Alugando carro:

Para quem deseja alugar carro no Chile, é necessário a se atentar algumas regras do país e levar alguns documentos:

  • Ter mais de 25 anos (locatários com idade entre 21 a 24 anos estarão sujeitos à taxa locais adicionais)
  • Carteira de motorista brasileira
  • Passaporte brasileiro
  • Cartão de crédito internacional

Quer saber mais sobre aluguel de carro? acesse o nosso guia completo com dicas e informações sobre como alugar, como funciona os seguros e descontos.

Com agências de viagens:
Em contrapartida, realizando o passeio com um tour contratado, você tem mais comodidade e não se preocupa com nada, apenas em aproveitar o dia! Mas, um passeio reservado em agência tem um preço bem mais elevado, por isso, tenha em mente se você está disposto a desembolsar a quantia necessária.

O valor médio de um passeio para Valparaíso e Viña del Mar, com duração de um dia, é de CLP $ 35.200. A vantagem é que o transporte te busca na sua hospedagem e você faz o tour com um guia, logo tem mais detalhes e informações sobre as cidades e atrações.

Espero que o post te ajude a conhecer um pouco mais sobre Valparaíso e Viña del Mar. Sendo assim, que você pense em visitá-las em uma próxima viagem ao Chile. No entanto, se você já conhece as cidades, me conta, o que você mais gostou de cada uma elas?


Quer viajar sem stress? Confira as dicas abaixo:
• Reserve o seu hotel com antecedência através do Booking
• Consigo os melhores preços para alugar carro na Rent Cars
• Viaje para fora do Brasil com internet 4G
• Compre ingressos para passeios no mundo todo pela WePlann

Sou a Daniela, uma apaixonada por viagens desde que me conheço por gente! Amo viajar e tudo o que envolve o tema, por isso, também escrevo sobre esse universo. Tive a oportunidade de começar a viajar desde cedo, já morei fora duas vezes e conheci muitos lugares por aí. Adoro vivenciar novas experiências e mais ainda, compartilhá-las com as pessoas. Viajar me inspira e é transformador.

postar o comentário