Topo

A Torre Eiffel é certamente o maior símbolo de Paris. E qualquer turista sai em busca do melhor ponto para fotografá-la. Dessa forma, é indispensável visitar o Trocadéro em Paris, pois é de lá que se obtém a melhor vista da Torre Eiffel (e isso pode adicionar momentos ainda mais emocionantes à sua viagem).

Além disso, o Trocadéro fica numa região super elegante e bem localizada e é um ponto turístico por si só. Por isso, continue lendo o artigo e descubra o que é o Trocadéro, como chegar e o que fazer por lá!

Está planejando uma viagem para Paris? Aproveite para ver o nosso guia gratuito de Paris, com várias informações e dicas sobre a cidade!

Trocadéro em Paris

O que é o Trocadéro em Paris

O Trocadéro trata-se de uma grande praça em Paris, no 16º arrondissement em Paris, no topo da Colina de Chaillot. Ele está localizado do lado oposto do Rio Sena quando tomamos a Torre Eiffel como referência (ou seja, está no Rive Droite). Ali também se encontra o Palais de Chaillot, um complexo com jardins, museus e centro de exposições e apresentações.

É a partir desta esplanada que se obtém a melhor vista da Torre Eiffel, pois está alta e distante o suficiente para garantir que a torre seja vista como um todo. Além disso, dentro do Palais de Chaillot há diversos ângulos de onde se pode fotografar a Torre Eiffel, além dos degraus da escadaria que rendem as famosas fotos nas redes sociais. Esta é, portanto, uma parada praticamente obrigatória na sua visita a Paris.

Além de nomear a praça, o Trocadéro também refere-se a um dos bairros mais elegantes de Paris, localizado no Rive Droite, que simboliza o luxo parisiense, com edifícios residenciais de alto padrão e embaixadas.

História do local:

Desde 1651 a Colina de Chaillot, que abriga hoje o Trocadéro em Paris, tem sido palco de diversas construções e atrai visitantes por diferentes motivos. No século XVII era o Convento da Visitação que se localizava em seu topo, e ele durou até a época da Revolução Francesa, quando foi destruído. Disto resultou em uma esplanada aberta bem no centro de Paris, para a qual Napoleão I teve muitos planos, mas não concretizou nenhum.

Luís XVIII, em 1823, resolveu construir neste lugar a “Villa Trocadéro”, um monumento em homenagem ao sucesso da Expedição Espanhola e à vitória na Batalha do Forte do Trocadéro. Em seguida, foi construído o Ancien Palais du Trocadéro, uma construção em estilo neo-bizantino que abrigava exposições, que perdurou até sua demolição em 1935.

Durante a Exposição Universal de 1937 foram construídos os diversos jardins que consistem no Trocadéro, além do atual Palais de Chaillot, que conserva em sua arquitetura as duas alas semicirculares de seu antecessor.

Curiosidade: a Exposição Universal de Paris de 1867 foi um evento promovido por Napoleão III, que aconteceu no Campo de Marte, em Paris, para ressaltar a grandeza do 2º Império Francês. O tema da exposição foi o progresso e a paz e houveram expositores de 41 países do mundo.

A Exposição Universal de 1937, Exposição Internacional de Artes e Técnicas Aplicadas à Vida Moderna, teve a Torre Eiffel separando os pavilhões da Alemanha nazista e da União Soviética. O Musée de l’Homme e o Palais de Tokyo foram construídos especialmente para esta ocasião.

Como chegar no Trocadéro em Paris

Paris é uma cidade cujo metrô funciona muito bem. Então, independente de onde você estiver hospedado, certamente haverá uma estação por perto, algumas baldeações e ficará fácil de chegar ao Trocadéro utilizando esta modalidade de transporte. Contudo, ao ir de ônibus, você pode ir apreciando a cidade ao longo do trajeto e isso pode até mesmo contar como passeio.

Metrô:
A forma mais fácil de se chegar, basta descer na estação Trocadéro do metrô, linha 6 e 9 (verde e amarela respectivamente), os jardins ficam logo em frente.

Ônibus:
Existem vários ônibus em Paris que oferecem acesso até o Trocadéro, entre elas estão as linhas 22, 244, 30, 63 e 82 que param ao lado do local.

De trem:
A linha L de trem (Sentido: Cergy-le-Haut/ Versailles-Rive-Droite/ Saint-Nom-la-Bretèche – Forêt de Marly).

Endereço: Place du Trocadero, 75016, Paris, France

Qual horário ir visitar

Por ser um ponto turístico bastante explorado, o melhor horário para visitar o Trocadéro é bem cedo, pela manhã. Assim você evita grandes aglomerações e garante fotos mais livres.

Outro bom horário para visitar, embora lotado, é ao final da tarde. Assim você consegue fazer fotos diurnas da Torre Eiffel bem na golden hour (horário ao final do dia em que as fotos tendem a ficar mais bonitas por conta da iluminação mais suave) e ainda consegue vê-la iluminada com o cair da noite. E ir a Paris e não ver a Torre Eiffel iluminada é praticamente não ter visitado a cidade.

O que fazer por lá

1. Aquário de Paris:

Localizado no subsolo do Trocadéro em Paris, trata-se do maior aquário da França e conta com grande diversidade de peixes e outros animais marinhos. Há também um tanque para fazer carinho nos peixes. O destaque aqui fica por conta do Médusarium, o maior da Europa, com 50 espécies de águas-vivas. Uma curiosidade sobre este aquário: ele é o mais antigo do mundo, visto que foi construído para a Exposição Universal de 1867.

  • Endereço: 5 Avenue Albert de Mun, 75016

2. Palais Chaillot:

Trata-se de um complexo de museus e teatros, com diversas atrações por lá. É uma visita imperdível quando você estiver passando pelo Trocadéro em Paris.

Théâtre National de Chaillot:
Você pode verificar a agenda de atrações e aproveitar a visita para assistir a um espetáculo em Paris. No Palais Chaillot acontecem atrações de dança, teatro e apresentações circenses.

Cité de l’Architecture et du Patrimoine:
Neste museu é possível conhecer sobre as diferentes fases da arquitetura francesa, desde a Idade Média até a Arquitetura Contemporânea, e de quebra obter uma vista maravilhosa dos Jardins do Trocadéro e da Torre Eiffel.

Museu national de la Marine:
O museu abriga 30.000 objetos e obras de artes, que foram doadas ao rei Luís XV por Henri Louis Duhamel du Monceau. Antigamente, a coleção estava exposta no Museu do Louvre e depois foi transferida para o Palais de Chaillot.

Museu de l’Homme:
Trata-se de um museu etnográfico, construído para a ocasião da Exposição Universal de 1937. As coleções utilizadas saíram do Gabinete real e das coleções dos gabinetes de curiosidades. O museu reúne ítens exóticos, antropológicos e históricos, e faz um panorama desde a Pré-História até a Modernidade, sempre tendo como foco a evolução cultural da humanidade.

3. Place du Trocadéro et du 11 de Novembre:

Você pode aproveitar a praça para curtir a tarde, admirar o pôr-do-sol vendo o monumento mais famoso de Paris, fazer um piquenique com queijos e vinhos, tirar muitas fotos e simplesmente passar um dia bem gostoso e relaxante vendo os jardins, as fontes e admirando a cidade.

4. Palais de Tokyo:

Localizado pertinho do Palais de Chaillot, o prédio que também foi construído para a Exposição Universal de 1937 abriga o Museu de Arte Moderna. Em seu acervo pode-se encontrar obras provenientes do mundo inteiro. Ele segue o estilo art-déco e possui obras ultra-modernas, ou seja, é uma visão de Paris bem diferente do clássico e tradicional que se espera encontrar.

  • Endereço: 13 Avenue du Président Wilson, 75116

5. Visitar a Torre Eiffel:

Sim, eu sei que você está indo ao Trocadéro em Paris só para ver a imponente Dama de Ferro, a Torre Eiffel. Então atravesse a ponte, vá para o outro lado do Rio Sena e chegue bem pertinho da Torre. Aproveite para subir nela também! Lá de cima tem uma vista incrível da cidade. Tem também um restaurante lá em cima. E um pequeno museu contando a história do mais famoso monumento da França.

  • Endereço: Champ de Mars, 5 Avenue Anatole France, 75007

6. Campo de Marte:

Este é o parque que se encontra entre a Torre Eiffel e a Escola Militar de Paris. Esta localização é famosa por aparecer em diversas fotos com a Torre Eiffel ao fundo (ela parece mais imponente deste ângulo, embora o enquadramento não seja tão bom quanto vista a partir do Trocadéro). Este parque foi palco de diversos eventos históricos e rende uma deliciosa tarde apenas contemplando a vida parisiense.

  • Endereço: 2 Allée Adrienne Lecouvreur, 75007

7. Palácio dos Inválidos:

Depois que você tiver visitado a Torre Eiffel de pertinho e descansado no Campo de Marte, vale a pena caminhar mais algumas quadras e ir conhecer mais um grande ponto turístico parisiense. Antigamente, o palácio acolhia os inválidos do exército francês. Hoje, conta com uma necrópole dedicada aos militares (inclusive lá está a tumba de Napoleão Bonaparte).

No complexo, você pode visitar a Catedral de Saint-Louis-des-Invalides (com sua magnífica cúpula dourada), o Panteão Militar, o Museu dos Inválidos e os túmulos de personalidades militares importantes para a França.

  • Endereço: 129 Rue de Grenelle, 75007

Mapa para download

Para ajudar vocês na sua viagem, abaixo disponibilizamos um mapa com as atrações do Trocadéro em Paris citados neste post!


Salve este mapa para usar durante a sua viagem – para visualizá-lo no seu Google Maps basta clicar na estrela, localizada no topo do mapa. Também é possível imprimir ou abrir em seu celular. Eu sempre utilizo esses mapas em minhas viagens para me auxiliar durante os passeios.

O que saber antes de ir ao Trocadéro

Que o ir ao Trocadéro em Paris é praticamente uma obrigação, todo turista sabe. E também não é uma novidade que é de lá que se obtêm as melhores vistas da Torre Eiffel. Por isso, tome bastante cuidado e não se distraia. Haverão muitos vendedores ambulantes querendo garantir as suas lembrancinhas de viagem por preços “imperdíveis”, golpistas (eles chegam entregando coisas e depois fazem um escândalo para você comprar) e até mesmo batedores de carteira. Apesar disso, a região é bem policiada.

E aí, gostou de saber mais a respeito sobre essa região tão importante e querida de Paris?

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, é só deixar um comentário aqui embaixo. E continue acompanhando o Visita Aí que em breve teremos mais dicas como esta!


Quer viajar sem stress? Confira as dicas abaixo:
• Reserve o seu hotel com antecedência através do Booking
• Consigo os melhores preços para alugar carro na Rent Cars
• Viaje para fora do Brasil com internet 4G
• Compre ingressos para passeios no mundo todo pela WePlann

Lívia Santana tem 25 anos e carrega em si a vontade de conhecer pessoalmente todos os lugares que visitou nos livros que tanto ama.

postar o comentário