Topo

Se você acha que o centro da maior cidade brasileira é caótico, barulhento e cheio de gente andando para todo lado, você até tem razão. Mas essa região é muito mais do que isso.

Quando bem observada e admirada com calma, a área central de São Paulo revela tesouros incríveis, cheios de história, sabores e curiosidades.

Neste roteiro reuni locais próximos uns dos outros, com distâncias que podem ser percorridas a pé em um ou dois dias. Para que você saiba o que fazer no centro de São Paulo e tenha um passeio para encantar viajantes e também paulistanos, como eu.

Está planejando uma viagem para São Paulo? Aproveite para ver o nosso guia gratuito de São Paulo, com várias informações e dicas sobre a cidade!

O que fazer no centro de São Paulo

Está planejando vir para São Paulo? Confira 20 atrações imperdíveis para conhecer no centro de São Paulo.

  • Paradas de fé:
    • Catedral Metropolitana de São Paulo
    • Pátio do Colégio
    • Mosteiro de São Bento
  • Locais para ver São Paulo nas alturas:
    • Edifício Itália
    • Edifício Martinelli
    • Edifício Copan
  • Símbolos da São Paulo de antigamente:
    • Estação da luz
    • BM & FBovespa
  • Programas ao ar livre:
    • Viaduto do Chá
    • Parque da Luz
  • Polos culturais:
    • Museu da diversidade
    • Praça das artes
    • Catavento Cultural
    • Pinacoteca
  • Salas de espetáculos:
    • Theatro Municipal
    • Sala São Paulo
  • Points de compras e gastronomia:
    • Galeria do Rock
    • Rua 25 de Março
    • Mercado Municipal
    • Casa Mathilde

1. Catedral Metropolitana de São Paulo:

Mais conhecida como Catedral da Sé, é uma bela construção de estilo neogótico, que levou cerca de 50 anos para ser finalizada. Inaugurada em 1954, não é tão antiga quanto às europeias, mas impressiona pelas duas torres de 92 metros e uma grande cúpula externas e pelos vitrais, mosaicos e obras de arte sacra espalhados por seu interior.


Catedral da Sé - principais pontos turísticos de São Paulo
Foto por: Wilfredor

Vale consultar a programação da igreja antes de visitá-la, pois de vez em quando há concertos gratuitos onde se pode apreciar o som de seu grande órgão, com cinco teclados e 12 mil tubos, considerado o maior da América do Sul.

  • Endereço: Praça da Sé, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação Sé (Linha 1- Azul, Linha 3- Vermelha)

2. Pátio do Colégio:

A construção é bem simples, mas marca o local onde os padres jesuítas fundaram a cidade, em 1554. Hoje, é um complexo cultural que reúne o Museu Anchieta, a Biblioteca António Vieira e a igreja de arquitetura colonial São José de Anchieta.

Depois de visitar o local, relaxe no Café do Pateo. É divertido se sentir num lugar parado no tempo rodeado por prédios modernos e pelo vaivém de carros e motos.

  • Endereço: Largo Páteo do Colégio, 2, Centro, São Paulo
  • Estações de metrô mais próximas: Estação São Bento (Linha 1 – Azul), 500 metros & Estação Sé (Linha 1- Azul, Linha 3- Vermelha), 500 metros

3. Mosteiro de São Bento:

Assistir uma missa na Basílica Abacial Nossa Senhora da Assunção, no Mosteiro de São Bento, é uma experiência que você tem que ter. Os cantos gregorianos dos monges residentes elevam o espírito de qualquer turista, reverberando pelo interior da igreja, construída entre 1910 e 1912, a partir do projeto criado pelo arquiteto alemão Richard Berndl (1875-1955).

Depois de alimentar a alma, não deixe de provar os pães, bolos, doces e geleias produzidos lá mesmo. A Padaria do Mosteiro tornou-se famosa por seus produtos finos, que seguem receitas seculares.

  • Endereço: Largo de São Bento, s/n – Centro, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação São Bento (Linha 1- Azul)

4. Edifício Itália:

Com 168 m de atura, este prédio, construído em 1965 em homenagem aos imigrantes italianos, oferece a melhor vista aérea de São Paulo. Para desfrutá-la você precisa subir até o mirante, que abre diariamente, das 15 h às 19 h, e cobra R$ 30 reais a entrada, com direito a um drinque da casa.


Edifício Itália - principais pontos turísticos de São Paulo
Foto por: barbrahmacentro.com

No 46ᴼ andar fica o bar e restaurante Terraço Itália. Os preços são salgados, mas a comida e o skyline da cidade ao entardecer são de tirar o fôlego.

  • Endereço: Avenida Ipiranga, 344 – Centro, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação República (Linha 3- Vermelha), 200 metros

5. Edifício Martinelli:

Do terraço desse, que é o primeiro arranha-céu da América Latina, no 26ᴼ andar, também é possível contemplar de cima a imensidão da cidade. Aqui, porém, a entrada é gratuita e você conta com um guia que faz, em português, um breve histórico da construção e da vista ao redor.

As visitas duram aproximadamente 45 minutos e precisam ser agendadas no site oficial.

  • Endereço: Rua São Bento, 405 – Centro, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação São Bento (Linha 1- Azul), 300 metros

6. Edifício Copan:

Joia arquitetônica da cidade, o prédio de linhas ondulantes projetado por Oscar Niemayer na década de 1950 é mais uma boa opção para curtir São Paulo do alto. Seu terraço oferece vista de 360ᴼ da capital. As visitas de 20 minutos são gratuitas e podem ser feitas de segunda a sexta apenas em dois horários, às 10h30 e às 15h30, exceto feriados. Chegue 15 minutos antes para garantir sua entrada.

O que fazer no centro de São Paulo

Apesar de ser uma construção icônica, as fachadas há anos passam por obras de revitalização, o que torna seu visual feio e com aspecto de abandonado.

  • Endereço: Avenida Ipiranga, 300 – Centro, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação República (Linha 3- Vermelha), 400 metros

7. Estação da luz:

Por esta estação de trem já chegaram e partiram empresários, intelectuais, políticos e até mesmo reis que vinham visitar e fazer negócios na São Paulo dos anos 1900. Hoje, ela continua movimentada, mas o público é outro: milhares de pessoas que usam o metrô para cruzar a cidade.

Estação da Luz - principais pontos turísticos de São Paulo

Nem por isso ela perdeu seu charme arquitetônico. Deixe a correria para os usuários e aprecie com calma a construção, toda feita com materiais importados da Inglaterra. As linhas neoclássicas e a cobertura de ferro da entrada e das plataformas são dignas de nota.

  • Endereço: Praça da Luz, 1, Luz, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação da Luz (Linha 1- Azul, Linha 4- Amarela, Linha 7- Rubi [CPTM], Linha 11- Coral [CPTM])

8. BM & FBovespa

Na atual Bolsa de Valores de São Paulo as cenas clássicas dos corretores de ações negociando seus papéis aos berros e empurrões não existe mais. Hoje os pregões são eletrônicos e silenciosos. Mas dá para voltar ao agito do passado por meio de um circuito histórico pelo prédio.

O passeio compreende a sala onde aconteciam os pregões, os painéis com os valores das negociações, um vídeo com curiosidades sobre a bolsa e uma pequena exposição com objetos que já foram utilizados. É possível até simular a compra e venda de algumas ações. Divertido e gratuito, acontece de segunda a sexta, das 9 h ás 17 h.

  • Endereço: Rua Quinze de Novembro, 275, Centro, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação São Bento (Linha 1- Azul), 100 metros

9. Viaduto do Chá:

Esqueça a multidão de gente que cruza diariamente o viaduto, que une o Centro Velho ao Centro Novo de São Paulo, e se atenha a beleza de sua estrutura metálica. Em estilo art-déco, trazida da Alemanha, ela ladeia sua pequena extensão de 204 metros e emoldura uma bela paisagem da cidade.

Inaugurado em 1892 e reconstruído na década de 1930 pelo arquiteto Elisário Bahiana, este símbolo da capital paulista foi o primeiro viaduto da cidade e ganhou tal nome devido às das extensas plantações de chá da Índia que cercavam a região naquela época.

  • Endereço: Viaduto do Chá, Centro, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação Anhangabaú (Linha 3- Vermelha), 350 metros

10. Parque da Luz:

Nem parece que você está em pleno centro de São Paulo. As árvores gigantescas abafam os sons da metrópole e compõem o cenário perfeito para caminhar por entre bosques, espelhos d’água, lagos, esculturas e áreas de estar e de atividade física.


Parque da Luz - principais pontos turísticos de São Paulo
Foto por: cidadedesaopaulo.com/

É o parque mais antigo da cidade, aberto em 1825 e tombado pelo CONDEPHAAT em 1981. Aos finais de semana costumam haver apresentações no coreto.

  • Endereço: Praça da Luz, s/n, Luz, São Paulo (em frente à Estação da Luz)
  • Estação de metrô mais próxima: Estação da Luz (Linha 1- Azul, Linha 4- Amarela, Linha 7- Rubi [CPTM], Linha 11- Coral [CPTM])

11. Museu da diversidade:

Em tempos de tanta intolerância social, este é um bom lugar para visitar e entender as diferenças de gênero. Criado em 2012 pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, é um dos poucos centros de cultura do mundo a tratar de assuntos ligados às minorias sexuais.

Com extensa programação, sempre é possível se deparar com atividades culturais, educativas e expositivas que agradam e estimulam reflexões.

  • Endereço: Estação República do Metrô – Rua do Arouche, 24 – República, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: O museu se encontra dentro da Estação República (Linha 3- Vermelha)

12. Praça das artes:

Se você curte dança, música e teatro vai gostar daqui. Uma construção moderna abraça o antigo prédio tombado do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo oferecendo ao público salas de espetáculos e de exposições, além de uma praça permanentemente aberta ao público.

Sede oficial do Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, a Sala do Conservatório tem uma programação farta. Consulte o site oficial antes de ir.

  • Endereço: Avenida São João, 281 – Centro, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação São Bento (Linha 1- Azul), 600 metros

13. Catavento Cultural:

Engana-se quem acha que este é um programa para crianças. Não mesmo, jovens e adultos também se divertem muito neste espaço interativo, que apresenta a ciência de forma instigante. Não é a toa que desde que foi inaugurado, em 2009, o museu tem sido um grande fenômeno de público.

Quatro setores garantem diversão e informação: Universo, Vida, Engenho e Sociedade. De quarta a domingo a entrada custa R$ 10,00 e às terças o ingresso é gratuito para todos os visitantes. Sempre das 9 h às 17 h.

  • Endereço: Pq. Dom Pedro II – Avenida Mercúrio, s/n, Brás, São Paulo
  • Estações de metrô mais próximas: Estação São Bento (Linha 1- Azul), 1,2 km & Estação Pedro II (Linha 3- Vermelha), 900 metros

14. Pinacoteca:

Escolhidas com muito critério, todas as exposições da Pinacoteca são imperdíveis, por isso não vou me deter nelas. O que eu quero ressaltar nesta dica é a preciosidade arquitetônica do museu. Composto por dois prédios projetados por Ramos de Azevedo em 1900, ambos foram reformados pelos arquitetos Paulo Mendes da Rocha e Haron Cohen, que souberam preservar e enaltecer com suas intervenções modernas as linhas clássicas originais. A simbiose entre passado e presente é incrível.

Para visitar as exposições em cartaz é necessário reservar e adquirir seu ingresso com antecedência pelo site oficial. Sempre há opções pagas e gratuitas.

  • Endereço: Praça da Luz, 2, Luz, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação da Luz (Linha 1- Azul, Linha 4- Amarela, Linha 7- Rubi [CPTM], Linha 11- Coral [CPTM])

15. Theatro Municipal:

Desde sua inauguração, em 1911, até hoje, o teatro é palco de grandes companhias artísticas do mundo todo. Por isso, recomendo assistir alguma de suas apresentações. A experiência de estar onde outrora os aristocratas e os barões do café se divertiam é especial.


Theatro Municipal - principais pontos turísticos de São Paulo
Foto por: Wilfredor

Outra opção é você participar da visita guiada que acontece de terça a sexta, às 11 h, 13 h (também em inglês), 14 h, 15 h, 16 h e 17 h. Aos sábados, 11 h (também em inglês e libras), 13 h, 14 h e 15 h. Em aproximadamente uma hora e meia é possível saber mais sobre sua elegante construção, com forte influência na arquitetura da Ópera de Paris, e outras curiosidades deste cartão postal de São Paulo.

Os ingressos para as visitas poderão ser reservados pela internet, no site da eventim ou retirados na bilheteria do Theatro Municipal.

  • Endereço: Praça Ramos de Azevedo, s/n, República, São Paulo
  • Estações de metrô mais próximas: Estação Anhangabaú (Linha3- Vermelha), 300 metros & Estação São Bento (Linha 1- Azul), 800 metros

16. Sala São Paulo:

A gente começa a se encantar com esse lugar já do lado de fora, graças a arquitetura clássica que revela o passado da antiga Estação Ferroviária Júlio Prestes, que por anos funcionou ali. Por dentro, o impacto fica por conta da moderníssima Sala São Paulo, uma das mais bem equipadas para apresentações sinfônicas e de câmara.

Além da programação excelente, o centro cultural proporciona visitas em que guias abordam a importância deste patrimônio histórico; o processo de restauro e revitalização pelo qual passou no final da década de 90 e o projeto de construção da Sala São Paulo. Para não perder a viagem, agende ou confirme a visita antecipadamente enviando um e-mail ou ligando para +55 (11) 3367 9573. De segunda a sexta, exceto feriados e emendas, das 10h30 às 18 h.

  • Endereço: Praça Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação da Luz (Linha 1- Azul, Linha 4- Amarela, Linha 7- Rubi [CPTM], Linha 11- Coral [CPTM]), 500 metros

17. Galeria do Rock:

Concordo, quem é roqueiro vai pirar nesse endereço, mas dá para encontrar muita coisa interessante guardada e à venda em suas lojas clássicas, itens que agradam todas as tribos.

O prédio existe desde 1963, porém foi na década de 1970, quando comerciantes de discos ali se instalaram, que o sucesso começou e nunca mais parou. Hoje, além dos vinis, você encontra roupas exclusivas, skates com ilustrações especiais, acessórios transados e poderá até colocar um piercing ou fazer uma tatuagem nos vários estúdios da galeria.

  • Endereço: Avenida São João, 439 – República, São Paulo
  • Estações de metrô mais próximas: Estação República (Linha 3- Vermelha), 500 metros & Estação São Bento (Linha 1- Azul), 800 metros

18. Rua 25 de Março:

25 de Março - principais pontos turísticos de São Paulo
Autor desconhecido

Com mais de 3.500 pontos de venda, impossível você não encontrar algo que lhe agrade e, o melhor, pagando o menor preço da cidade. A rua é um formigueiro de gente, por isso não espere o conforto dos shoppings, no entanto não deixe de passar por lá. Todo mundo gosta.

Curiosidade: devido às fortes enchentes que aconteciam no início dos anos 1960, alguns produtos eram perdidos e o que sobrava era vendido a preços muito baixos. A partir daí, os comerciantes passaram a buscar mercadorias mais baratas e a 25 ganhou a fama que tem.

  • Endereço: Rua 25 de Março, Centro, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação São Bento (Linha 1- Azul), 500 metros

19. Mercado Municipal:

É de dar água na boca circular por entre os mais de 290 boxes de frutas, temperos, legumes, frios, azeitonas, bebidas, carnes, peixes e cereais. Sim, motivos não faltam para visitar este ponto turístico e gastronômico da cidade. Tem ainda a beleza do prédio, construído em 1933, que rende fotos bem legais.


Mercadão - principais pontos turísticos de São Paulo
Foto por: Leila Fugi

Vá na hora do almoço e não deixe de provar o sanduíche de mortadela e o pastel de bacalhau. Gigantes, eles alimentem bem duas pessoas. Os preços do Mercadão não são populares, contudo trata-se de um passeio que encanta moradores e turistas.

  • Endereço: Rua Cantareira, 306, Centro, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação São Bento (Linha 1- Azul), 750 metros

20. Casa Mathilde:

Dizem que o atalho mais à mão ao paraíso é o pastel de nata da Casa Mathilde, sempre quentinho e crocante. O endereço é relativamente jovem, inaugurado em junho de 2013, mas as receitas dos doces aqui servidos remontam ao ano de 1850, quando foi fundada na cidade de Ranholas, perto de Sintra, em Portugal, esta tradicionalíssima doceira portuguesa.

Junte-se a legião de gulosos, que vão ao Centrão em busca dessas iguarias portuguesas, acompanhe os quitutes fabricados lá mesmo com um gostoso cafezinho e não deixe de levar para casa mais alguns exemplares. Você vai sentir saudades de tanta doçura.

  • Endereço: Praça Antonio Prado, 76, Centro, São Paulo
  • Estação de metrô mais próxima: Estação São Bento (Linha 1- Azul), 300 metros

Alguns conselhos para andar no centro de São Paulo:

  • Devido às medidas de prevenção da Covid-19, muitos estabelecimentos em São Paulo têm alterado seu funcionamento. Verifique datas e horários antes de fazer os passeios.
  • O centro da cidade é um lugar bastante movimentado, recebe todo tipo de gente. Portanto procure não exibir objetos de valor enquanto transita pela rua.
  • Evite ir ou permanecer na região depois das 19 h. Muitas pessoas em condições de rua se espalham pelas calçadas e isso pode gerar insegurança a você e sua família.

Quer viajar sem stress? Confira as dicas abaixo:
• Reserve o seu hotel com antecedência através do Booking
• Consigo os melhores preços para alugar carro na Rent Cars
• Viaje para fora do Brasil com internet 4G
• Compre ingressos para passeios no mundo todo pela WePlann

Maria Helena é jornalista e tem paixão por histórias de vida, tanto de gente, quanto de lugares. Hoje está à frente de seu projeto BIOMEMORIES: livros biográficos pessoais, familiares e corporativos.

Comentários:

  • Luiz Roberto

    16 de setembro, 2021

    Olá!!!
    Acho que na parada da fé, faltou o MUSEU DE ARTE SACRA, ou convento da Luz, construído pelo agora santo Frei Galvão, fica a dica!!

    reply...
    • 23 de setembro, 2021

      Oiii! Obrigada pela sugestão!
      Tem razão, o Museu de Arte Sacra é incríveeeel!

      reply...

postar o comentário