Topo

Assim como muitas cidades grandes, Londres oferece um ótimo serviço de transporte público que conecta todos os distritos da cidade. Mas para saber onde se hospedar e como se locomover, é importante entender como funciona as zonas de Londres.

Por isso, veja quais são as zonas de Londres, conheça mais sobre as principais delas e como se locomover ente uma e outra.

Está planejando uma viagem para Londres? Aproveite para ver o nosso guia gratuito de Londres, com várias informações e dicas sobre a cidade!

Como funciona as zonas de Londres

Mapa do metrô de Londres
Mapa das zonas de Londres

Londres ocupa uma área de 1.572 km² e é dividida em 32 regiões denominadas “boroughs”. Cada borough possui seu próprio brasão, sua bandeira e seu próprio prefeito.

A cidade foi divida em 6 zonas circulares, sendo zona 1 o centro e zona 6 os arredores da cidade, para que assim fosse possível calcular o preço da tarifa de acordo com a distância que será percorrida de metrô.

Atenção: os preços variam apenas para as tarifas de metrô, para os ônibus o sistema de zonas não se aplica, e por isso a tarifa é fixa.

Durante uma viagem pela capital, você passará a maior parte do tempo percorrendo a zona 1, quando muito irá até um ou outro ponto da zona 2. Isto porque as principais atrações turísticas estão no centro da cidade.

Atrações fora da zona 1 de Londres:

Pontos turísticos:

  • Camden Town – zona 2
  • Shoreditch – zona 2
  • Greenwich – zona 2
  • Notting Hill – zona 2
  • Dulwich Picture Gallery – zona 2
  • National Maritime Museum – zona 2
  • Cutty Sark – zona 2
  • Kew Gardens – zona 3
  • Wimbledon – zona 3
  • William Morris Gallery – zona 3
  • Ham House – zona 4
  • Richmond – zona 4
  • Osterley House – zona 4
  • RAF Museum Hendon – zona 4
  • Hampton Court Palace – zona 6

Shopping:

  • Westfield London (Shepherd’s Bush/White City) – zona 2
  • Westfield Stratford – zona 2/3
  • Camden Market – zona 2

Esporte e casas de show:

  • The O2 – zona 2/3
  • Emirates Stadium – zona 2
  • Wembley Stadium – zona 4
  • Twickenham Rugby Stadium – zona 5

Aeroporto:

  • Aeroporto de Heathrow – zona 6
  • Gatwick Airport – zona 6

Quer saber mais sobre o que fazer em Londres? Recomendamos acessar o nosso artigo com 7 atrações imperdíveis em Londres.

Em qual zona se hospedar em Londres

Apesar da zona 1 ser a mais procurada pelos viajantes que chegam a Londres, a zona 2 também é bem próxima do centro e alguns pontos de interesse turístico estão por lá.

Portanto, se você possui viagem marcada para a capital inglesa, saiba que se hospedar na zona 1 ou 2 é a melhor decisão para explorar o centro da cidade a pé. Inclusive, pesquise com antecedência a localização exata da sua hospedagem. Isso ajuda a definir se será necessário comprar um passe de transporte público.

Atenção: as opções de hotéis baratos na zona 1 e 2 de Londres costumam esgotar rápido. Caso queira ficar na região central por um preço mais acessível, recomendamos que faça a reserva com antecedência.

Um fato interessante, ainda mais se o seu objetivo é ir para Londres para ficar mais tempo, independente da zona que você fique, cada uma delas é muito bem servida de estabelecimentos de serviços, facilidades e de comércio como um todo (supermercados, cinemas, lojas, restaurantes, etc).

Quer conhecer outras opções de hospedagem na cidade? Recomendamos acessar o nosso artigo sobre onde ficar em Londres, onde explicamos os melhores bairros e listamos sugestões de hotéis em cada região.

Como se locomover entre as zonas de Londres

Londres é uma cidade grande e desenvolvida, que oferece diversas opções de transporte, inclusive um ótimo serviço de transporte público. Dentre as formas de se locomover entra as zonas de Londres, as mais comuns são:

  • Metro
  • Ônibus
  • Aplicativo de corrida
  • Bicicleta
  • Aluguel de carro

Apesar de eu gostar desbravar Londres a pé, ou de ônibus, pois consigo ir curtindo a paisagem enquanto me desloco, não há dúvidas de que o metrô é a melhor opção de deslocamento.

A primeira vez que você abrir o mapa do metrô, não se assuste! Apesar de parecer um emaranhado de paradas e linhas que se cruzam entre si, andar de metrô em Londres é muito tranquilo.

Inclusive, você sabia que o metrô de Londres, conhecido como Tube ou Underground, é o mais antigo do mundo? São 11 linhas de metrô (que se classificam com nomes e cores) e mais de 270 estações. É muita coisa! Por isso, ter um mapinha com as linhas e paradas é fundamental. A vantagem é que você pode utilizar o celular, para planejar sua jornada.

Quer saber mais sobre transporte em Londres? Recomendamos acessar o nosso guia completo sobre como se locomover em Londres, explicando com detalhes sobre o transporte público e todas as outras opções.

Oyster Card

Oyster Card é um cartão recarregável que dá acesso ao transporte público da cidade. Com ele você consegue utilizar: o metrô, ônibus, overground (metrô de superfície), DLR (trem leve), bondes (trams) e trens da National Rail (dentro de toda a cidade e alguns destinos fora, é preciso verificar).

Portanto, adquirir um Oyster Card é a garantia de praticidade e economia na hora de se locomover por Londres. O valor cobrado no cartão é relativo à zona que você se destina.

O passe funciona de duas formas: pay as you go ou travelcard.

Pay as you go:
O modo Pay as you go funciona como um cartão pré-pago, no qual você carrega com o montante desejado e a cada viagem, o preço da passagem é descontado do saldo total. Você carrega o seu passe nas estações de metrô ou bancas de jornal e pode usar durante todo o dia. Quando alcançar o limite diário, você não será mais cobrado para andar no transporte público desde que seja fora do horário de pico, caso contrário, sua passagem será cobrada. Apenas atenção, pois os limites variam conforme a zona, o horário e o meio de transporte utilizado.

Tipo de passagem Qualquer horário Fora do pico
Zona 1 £2,40 £2,40
Zona 1-2 £3,00 £2,50
Zona 1-3 £3,40 £2,80
Zona 1-4 £4,00 £2,90
Zona 1-5 £4,80 £3,20
Zona 1-6 £5,30 £3,30

* preço pesquisado em Outubro de 2021

Atenção: caso você pegue a tarifa fora do pico você não poderá utilizar o transporte público durante o horário de pico, aplicada nos dias de semana entre as 6:30 e as 9:30 horas e entre as 16:00 e as 19:00 horas.

A outra modalidade de utilizar Oyster Card é carregando seu cartão com um passe chamado Travelcard válido por um período determinado – diário, semanal, mensal ou anual. Com o Travelcard você transita de forma ilimitada pelo transporte público londrino pelo tempo específico e entre as zonas estipuladas. O Travelcard de 7 dias é uma ótima escolha se você pretende ficar a partir de quatro dias na cidade, pois o valor, ainda assim, é mais baixo (mesmo que você não fique uma semana inteira). Veja o quadro abaixo com os preços do Travelcard:

Travelcard:
O Travelcard te permite o uso ilimitado do transporte público por um período determinado (diário, semanal, mensal ou anual) e zona estipulada. Caso irá ficar mais do que 3 dias na cidade e pretende utilizar o transporte público, vale a pena investir no de 7 dias, mesmo que você não fique a semana inteira.

Tipo de passagem Travelcard (1 dia) Travelcard (7 dias) Travelcard (30 dias)
Zona 1-2 £13,90 £37,10 £142,10
Zona 1-3 £13,90 £43,50 £167,10
Zona 1-4 £13,90 £53,20 £204,30
Zona 1-5 £19,60 £63,30 £243,10
Zona 1-6 £19,60 £67,70 £260,00

* preço pesquisado em Outubro de 2021

Atenção: é necessário incluir £5 da compra do cartão, porém esse valor pode ser obtido de volta devolvendo o cartão no final da sua viagem. E lembrando que crianças até 11 anos não pagam.

É possível comprar o Oystercard Travelcard nas estações de metrô (inclusive no Aeroporto de Heathrow), nos postos de informação turística, nas estações de National Rail e inclusive em algumas bancas.

Espero que o artigo tenha te ajudado a entender um pouco mais sobre as Zonas de Londres. Qualquer dúvida que tiverem, pode deixar nos comentários que iremos responder.


Quer viajar sem stress? Confira as dicas abaixo:
• Reserve o seu hotel com antecedência através do Booking
• Consigo os melhores preços para alugar carro na Rent Cars
• Viaje para fora do Brasil com internet 4G
• Compre ingressos para passeios no mundo todo pela WePlann

Sou a Daniela, uma apaixonada por viagens desde que me conheço por gente! Amo viajar e tudo o que envolve o tema, por isso, também escrevo sobre esse universo. Tive a oportunidade de começar a viajar desde cedo, já morei fora duas vezes e conheci muitos lugares por aí. Adoro vivenciar novas experiências e mais ainda, compartilhá-las com as pessoas. Viajar me inspira e é transformador.

postar o comentário